Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Igreja acusada de homofobia em SE recebe apoio de outros pastores

Fotógrafo homossexual foi impedido de ser batizado na igreja e está processando a denominação

Publicado

em

A Igreja Presbiteriana Renovada de Aracaju está sendo processada por homofobia ao negar o batismo para um fotográfo homossexual no último domingo (15).

Nesta quarta (18), pastores de diversas denominações estiveram na igreja acusada para um momento de apoio e oração.

Entre os presentes estavam representantes da Frente Parlamentar Evangélica, da União dos Ministros Evangélicos do Estado de Sergipe (Umese) e da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure)

A informação foi dada pelo vice-presidente da igreja, Jeter Josepetti Andrade, através das redes sociais.

“Dezenas de pastores de denominações de toda grande Aracaju, reunidos como uma só igreja e um só povo, se encontraram nesta manhã e experimentaram uma presença poderosa da parte de Deus”, disse ele.

Ao que tudo indica, foi um culto especial e um ato em defesa da igreja. “Finalizamos com os líderes no altar, de joelhos e rendidos a Deus, orando pelo Brasil, Sergipe e Aracaju, crendo que Ele tem um tempo novo e surpreendente para todos”, completa a nota.

Assista:

PUBLICIDADE