Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Manifestação contra Bolsonaro une Ciro Gomes, Mandetta e João Doria em São Paulo, mas público não comparece

A falta de público virou um dos assuntos mais comentados no Twitter

Publicado

em

O Movimento Brasil Livre (MBL) realizou neste domingo (12) várias manifestações no país pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro.

Acontece que a A

Em São Paulo, mais precisamente na Avenida Paulista, o MBL esperava reunir uma grande quantidade de pessoas, mas poucas realmente compareceram.

No carro de som, nomes políticos que se apresentam como “terceira via” para as eleições presidenciais de 2022 se uniram contra o presidente, entre eles João Doria (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB) e Alessandro Vieira (Cidadania).

Pela falta de público, as palavras “fracasso” e “fiasco” ficaram entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Rio Janeiro também não atraiu manifestantes

Poucas pessoas estiveram na manifestação no RJ | Foto: Reprodução Twitter. A foto em destaque é da manifestação em SP | Foto: Reprodução Instagram

No Rio de Janeiro a manifestação também falhou, assim como em todas as outras cidades que estavam com atos agendados pelo MBL e outros partidos.

Programada para acontecer no Posto 5, na Praia de Copacabana, a manifestação estava vazia, mesmo sendo o ponto turístico mais importante do Rio de Janeiro.

Os agentes de trânsito nem precisaram desviar os carros, pois era possível transitar livremente pela avenida principal.

PUBLICIDADE