Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Júri popular de médico acusado de matar a professora Danielle Christina é marcado para março de 2022

Crime aconteceu na cidade de Palmas em dezembro de 2017

Publicado

em

Após quatro anos, o julgamento do médico Álvaro Ferreira, acusado de matar a professora Danielle Christina Lustosa Grohs, foi marcado para o dia 9 de março de 2022.

O crime aconteceu em dezembro de 2017 na cidade de Palmas e ao longo de todo o processo o acusado nega que teria assassinado sua ex-esposa.

Ferreira será julgado em júri popular. O juiz Cledson José, da 1ª Vara Criminal da capital é quem deverá presidir o julgmamento. Se condenado, o médico será condenado por homicídio qualificado por motivo fútil, meio cruel, à traição, emboscada e meio que dificulte a defesa da vítima.

PUBLICIDADE