Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

“Estamos à beira de uma guerra civil”; diz pastor Cláudio Duarte ao convocar fieis para o 7 de setembro

“É importante nos posicionarmos porque não dá mais. Já já nós não vamos poder falar nada mais dentro de uma igreja”

Publicado

em

O pastor Cláudio Duarte fez um grave alerta durante sermão proferido em ume evento com fiéis. No vídeo que viralizou nas redes sociais, o influente líder evangélico disse aos fieis presentes que é hora de os brasileiros tomarem uma posição de vigilância em favor de seus direitos, que têm sido tolhido pelo sistema antidemocrático que se instalou no país.

Duarte, referindo-se ao caso da prisão pelo STF do ex-deputado Roberto Jefferson, alertou que estamos diante de uma clara censura de liberdade de opinião e que isso pode se estender a liberdade de culto em breve.

“Indica que qualquer pessoa, daqui a uma fração de tempo, que expor sua opinião de forma contrária em um país que se diz democrático vai ser preso”, alertou.

O pastor ainda afirmou no vídeo que durante muito tempo, de maneira equivocada, os cristãos evangélicos no Brasil foram ensinados que não deveriam se envolver em política e isso provocou essa escalada de forças antidemocráticas em nosso país.

“Nós estamos a beira de uma revolução. Nós estamos à beira de uma guerra civil”, lamentou Cláudio Duarte.

7 de setembro

O pastor disse várias vezes que estava medindo suas palavras durante o alerta, mas revelou estar profundamente indignado contra tudo o que se tem revelado no país e conclamou os fieis a participarem das manifestações em favor da democracia, marcada para o próximo dia 7 de setembro.

“É importante nos posicionarmos porque não dá mais. Já já nós não vamos poder falar nada mais dentro de uma igreja”.

O pastor não deixou claro se a convocação para os fieis foi para irem às ruas ou tão somente intercederem durante o dia 7 de setembro. O certo é que, nas redes sociais, grande número de fieis aderiram e prometem ir às ruas.

Assista:

PUBLICIDADE