Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Presidente turco ameaça enviar tropas a Jerusalém e rabino menciona ‘Gogue e Magogue’

Força de Defesa Israelense segue revidando ataques do Hamas em um conflito que já dura mais de duas semanas

Publicado

em

Depois de uma reunião de gabinete no Complexo Presidencial em Ancara na noite de segunda-feira, o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, deu uma entrevista coletiva na qual pediu à ONU, ao Conselho de Segurança da ONU, à Organização de Cooperação Islâmica (OIC) e a outras organizações internacionais que agissem com foco na luta de tirar Jerusalém do controle de Israel.

“Neste ponto, acreditamos que haja necessidade de um acordo separado em Jerusalém. Para alcançar paz e tranquilidade duradouras em Jerusalém, que contém os símbolos religiosos indispensáveis ​​de muçulmanos, judeus e cristãos, todos devem fazer sacrifícios”, disse Erdogan segundo o site Israel 365 News.

“Nas circunstâncias de hoje, seria o curso de ação mais correto e consistente para Jerusalém ser administrado por uma comissão de representantes das três religiões. Caso contrário, não parece que será facilmente possível alcançar uma paz duradoura nesta cidade antiga ”, acrescentou.

Na segunda-feira (18), Erdogan se referiu a Israel como “estado terrorista” que “invadiu a privacidade de Jerusalém por um lado, enquanto bombardeava impiedosamente civis em Gaza”.

O presidente turco também criticou países como os EUA que reconheceram Jerusalém como capital israelense ao mudarem suas embaixadas de local.

Conflitos seriam visão da guerra de Gogue e Magogue, diz rabino

Os conflitos entre Israel e palestinos tem agitado o Oriente Médio e, com o apoio da Turquia, o rabino Pinchas Winston, autor reconhecido por falar sobre o final dos tempos, disse que a situação se encaixa com a profecia de Gogue e Magogue descrita pelo profeta Zacarias.

“É claro que Zacarias estava se referindo a isso quando descreveu Gogue e Magogue com todas as nações se levantando contra Jerusalém”, disse o rabino Winston, citando um versículo.

“Quando todas as nações da terra se reunirem contra ela. Naquele dia, farei Jerusalém uma pedra para ser levantada por todos os povos; todos os que o levantarem ferirão a si mesmos”, diz o versículo de Zacarias 12:3.

“Se você ouvir as outras nações, se você ouvir Erdogan, que é um líder no mundo muçulmano, é um milagre gritante que eles ainda não tenham se unido contra Israel. Mas isso é porque a Profecia de Zacarias só acontecerá quando Deus ordenar; pouco antes da redenção final. E a redenção final é iminente e a história está se encerrando, rumo ao final”, declarou.

“Vimos que o palco está montado, todos os elementos estão no lugar. O coronavírus foi apenas mais um elemento que levou o mundo ao limite. Apenas mais alguns elementos, um ou dois, e passaremos do ponto de inflexão”, completou o rabino.

Foto: Reprodução Instagram @idf

PUBLICIDADE