Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Evangélico é denunciado por pregar na porta de terreiro na Bahia

Um boletim de ocorrência foi registrado pelos crimes de discriminação e intolerância religiosa

Publicado

em

Um homem evangélico foi levado à delegacia por estar evangelizando com um carro de som na porta de um terreiro de candomblé na cidade de Vitória da Conquista (BA).

O caso aconteceu no dia 24 de janeiro, mas o boletim de ocorrência por discriminação e intolerância religiosa só foi registrado na última quinta-feira (27).

Os candomblecistas também o denunciaram à Promotoria de Justiça de Combate ao Racismo do Ministério Público baiano nesta segunda-feira (31).

Segundo reportagem do UOL, um homem, uma mulher e uma criança estavam em um Fox preto estacionado na porta do terrero com um som do carro em alto volume. Dentro do veículo, o homem gritava que “Jesus salva, liberta e transforma”.

As atividades dentro do centro precisaram ser interrompidas, pois o som vindo do carro impedia a cerimônia religiosa de ser realizada.

“Ele tirou a nossa paz. Todas as pessoas saíram do terreiro. Eu soube que ele exorcizava todo mundo que chegava no terreiro”, denunciou o Pai Loro, babalorixá do terreiro que foi incomodado pelo evangélico.

O babalorixá e outras pessoas tentaram conversar com o homem, explicar que ele estava incomodando e que poderia ser denunciado por crime de ódio. Mas o evangélico continuou no local por uma hora e meia se justificando de que estava ‘apenas pregando o Evangelho’.

As testemunhas dizem que era um pastor, mas ele não foi identificado pela reportagem do UOL.

PUBLICIDADE