Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Opinião

Empresa abre seleção de estágio com nota do Enem; bolsa é de R$3 mil

Em parceria com a Descomplica, Buser dará benefício para participantes do exame estudarem tecnologia

Publicado

em

Participantes do Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, incluindo aqueles que ainda farão as provas em 2022, podem se inscrever em oito opções de curso aprovados pelo MEC com bolsa auxílio mensal de R$ 3 mil. A iniciativa do Buser Tech, em parceria com a Faculdade Descomplica, está disponibilizando 50 vagas para início em janeiro de 2022. A seleção tem como objetivo formar programadores para atuar no mercado.

Para participar, os interessados devem ter acima de 16 anos e prestar a prova do Enem 2021, ou um vestibular de faculdades de tecnologia ou engenharia. A seleção inclui a nota obtida no Enem 2021 e etapas de entrevistas individuais on-line e testes comportamentais. Candidatos de escolas públicas terão pontos adicionais na seleção.

Os aprovados poderão ser efetivados já no primeiro ano do programa, a depender do desempenho. Interessados podem fazer a inscrição por meio de um formulário disponível no site do Buser até 30 de dezembro. Os selecionados serão conhecidos após a divulgação dos resultados do Enem.

Os participantes estudarão linguagens de programação Python e Javascript e terão a oportunidade de estagiar na sede da empresa em São José dos Campos (SP). Os aprendizes também poderão escolher um dos oito cursos acadêmicos a distância da Faculdade Descomplica: Banco de Dados, Computação em Nuvem, Sistemas para Internet, Jogos Digitais, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Engenharia da Computação, para início dos estudos em 2022.

Quem não for selecionado no processo seletivo da Buser em parceria com o Descomplica, pode se inscrever para um dos cursos da Faculdade Descomplica com bolsas de estudo do Educa Mais Brasil. As inscrições ficam disponíveis ao longo do ano e não é necessário apresentar a nota do Enem. Basta acessar o site do Educa e fazer a inscrição.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

 

 

 

PUBLICIDADE