Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

“É inadmissível e repugnante”, diz Eudes Assis sobre PL que tira os termos ‘marido e mulher’ do casamento civil

O vereador de Palmas não concorda com o projeto da deputada do PT

Publicado

em

O vereador Eudes Assis recebeu com surpresa e indignação a notícia de que há uma deputada federal querendo retirar os termos “marido e mulher” do casamento civil.

“É inadmissível e repugnante o que a esquerda vem tentando fazer no Brasil, no que diz respeito aos valores, a tradição familiar tradicional. Desta vez,  estão propondo  a alterar o Código Civil quando na Constituição Federal segue reconhecendo como entidade familiar a união entre um homem e uma mulher”, declarou ele citando o artigo 226 da Carta Magna.

Eudes entende e respeita o direito de casais do mesmo sexo de contraírem o casamento civil, mas não concorda com a mudança do termo como propôs a deputada Natalia Bonavides (PT-RN). “Espero que meus amigos do Congresso Nacional não deixem este projeto ser aprovado. É uma pequena minoria, querendo se sobrepor a maioria do povo brasileiro”, disse Assis.

PUBLICIDADE