Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Deputado do PSOL critica parceria sem custos do Ministério da Justiça e aplicativo de devocional

O parlamentar questiona a constitucionalidade da parceria

Publicado

em

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) não está satisfeito com a parceria SEM CUSTOS que o Ministério da Justiça fez com o aplicativo de devocional ‘Pão Diário’.

Alegando “inconstitucionalidade”, o psolista critica que a Pasta tenha escolhido uma empresa evangélica para promover acolhimento os funcionários da Justiça.

Assinado em agosto de 2021, o acordo com a empresa cristã tinha como proposta dar acesso ao aplicativo exclusivo “Pão Diário — Segurança Pública”, onde o usuário poderia ter acesso a cursos livres como “Tornando Deus e Sua Palavra uma prioridade” e “Aprendendo a orar”.

Na justificativa para tal parceria, que não gerou custos aos cofres públicos, o Ministério fala em prestar ações de “assistência espiritual, capelania e promoção da saúde e qualidade de vida” para os servidores da segurança pública.

PUBLICIDADE