Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Cristã se converte na Alemanha e é perseguida na Turquia

País ocupa o 42º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2022, mas os cristãos enfrentam perseguição extrema

Publicado

em

Milhões de cristãos são marginalizados e oprimidos no mundo por causa da fé no mundo. Mais de 360 milhões de cristãos são perseguidos por sua opção religiosa e seguir a Jesus, nesses países, pode custar a vida

Na Turquia, os cristãos enfrentam perseguição resultante do nacionalismo religioso. O governo visa até os seguidores de Jesus estrangeiros nas fronteiras e os casados com cidadãos turcos.

Não é ilegal que os muçulmanos se convertam ao cristianismo, mas, se o muçulmano decide seguir a Jesus, sofre as consequências dentro da família e da comunidade. Em alguns casos, os cristãos vivem vidas duplas para esconder a nova fé.

Qualquer cristão é considerado de segunda classe e enfrenta todos os tipos de obstruções legais e burocráticas. Ele tem acesso limitado a empregos públicos e enfrenta discriminação no trabalho privado.

Segundo a Constituição turca, o Estado é laico. Porém nos últimos 10 anos as regras e os valores islâmicos têm ganhado cada vez mais influência, em todas as esferas da sociedade.

Quando um turco muda de religião ou se torna cristão, logo é visto como traidor da cultura e da nação turca. Ex-muçulmanos são controlados e observados, por isso muitos cristãos escondem a fé.

Para Ayse, isso não é uma opção. Ela não consegue, e nem deseja, esconder a fé em Cristo. E, por isso, ela enfrentou diversos desafios e perseguições que a atingiam e à sua família.

Para saber como Ayse enfrentou esses desafios e outros momentos marcantes da vida dessa cristã, assista ao episódio no link. Você também pode assistir aos episódios antes da publicação oficial. Para isso, inscreva-se no aqui e receba em primeira mão um episódio por semana dessa série impactante que certamente inspirará sua caminhada com Jesus e incentivar a orar e amar a Igreja Perseguida.

 

Texto: Portas Abertas

PUBLICIDADE