Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Bia Kicis e Marco Feliciano são condenados a pagar indenizações a Jean Wyllys

Os parlamentares foram processados por ligarem o ex-deputado a Adélio Bispo

Publicado

em

Os deputados federais Marco Feliciano (Republicanos-SP) e Bia Kicis (PSL-DF) foram condenados a pagar indenizações ao ex-deputado federal Jean Wyllys por dizerem que ele estava associado a Adélio Bispo, autor da facada que quase matou Jair Bolsonaro.

A ação movida contra Feliciano foi julgada pela juíza Fernanda Rosado de Souza, do 5º Juizado Especial Cível do TJ do Rio, que determinou o pagamento de R$ 41,8 mil ao ativista.

Já a ação contra Kicis foi julgada juiz Fernando Rocha Lovisi, também da 5º Juizado Especial Cível do Rio, exigindo o pagamento de R$ 41,8 mil em indenização.

Para o juiz Fernando Rocha Lovisi, Bia Kicis “extrapolou seu direito ao caluniar o autor (Jean Wyllys), sem qualquer base verossímil, de ter participado da tentativa de homicídio do [hoje] presidente da República”.

A deputada também terá que apagar de suas redes sociais os conteúdos sobre o assunto e ainda terá que publicar uma retratação a Wyllys.

Feliciano, por sua vez, terá que fazer retratação pública no Twitter no prazo de 10 dias. Caso não cumpra, a multa diária foi fixada em R$ 20 mil.

As informações são do Metrópoles.

PUBLICIDADE