Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Wanderlei Barbosa abre 70° Encontro Nacional dos Detrans e reforça importância da troca de experiências

Encontro debate tecnologias, soluções e melhorias para o trânsito

Publicado

em

O vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, representando o governador Mauro Carlesse, participou nesta quinta-feira, 30, da abertura do 70° Encontro Nacional dos Detrans, em Palmas. Com a participação de presidentes de Detrans de todo o país, o evento segue até esta sexta-feira, 1°, debatendo tecnologias, soluções e melhorias para o setor do trânsito.

Fazendo a abertura oficial, o vice-governador Wanderlei Barbosa destacou o respeito que a Gestão Estadual tem pelos órgãos de trânsito e a importância do encontro. “O Governo tem o maior respeito por todos os atores que compõem o sistema de trânsito e fica muito honrado em receber este encontro, que é de extrema importância para a melhoria dos serviços que chegam ao cidadão. Esta troca de experiências com os demais Detrans do Brasil, seguramente, fortalece o nosso sistema”, afirmou.

O presidente do Detran de São Paulo e da Associação Nacional de Detrans (AND), Ernesto Mascellani Neto, ressaltou que a realização do encontro no Tocantins é resultado de um forte trabalho feito pelo Detran-TO e que o intercâmbio de informações vai servir para que os cidadãos de cada estado tenham o melhor serviço possível.

“Começamos pelo Tocantins por conta de um trabalho muito firme que foi feito pelo presidente Cláudio, pleiteando nossa vinda para cá. Esperamos que este encontro sirva para a troca de experiências, para discutir temas relevantes para todos os Detrans. Queremos que este intercâmbio de informação sirva para que cada cidadão tenha o melhor serviço possível”, reforçou o presidente da AND.

Para o presidente do Detran-TO, Cláudio Alex Vieira, que também é vice-presidente da AND na região Norte, o encontro ser realizado no Tocantins é um marco que traz muitos benefícios. “É um marco porque estamos recebendo diversas experiências e vamos discutir vários assuntos relevantes que resultem em melhorias dentro do trânsito. É uma oportunidade de trazermos novas formas de processos, tecnologias e conhecimento para o Tocantins”, destacou.

Carta do Tocantins

Ao final do evento será elaborada a Carta do Tocantins, um documento com as conclusões obtidas nos grupos de trabalho realizados durante o encontro.

“Todo final de evento, a AND prepara uma carta, uma espécie  de relatório, contendo nossa pauta com os demais órgãos federais. A gente sabe que o sistema de trânsito é composto por várias instituições, como o Cenatran [Centro de Ensino e Segurança de Trânsito e Formação de Condutor] e a bancada da Câmara Federal que trabalha as questões do trânsito, e a gente quer uma pauta clara, com reivindicações do setor para que possamos levar melhorias para os cidadãos”, explicou o presidente da AND, Ernesto Mascellani Neto.

Temas

Nos dois dias de evento, haverá painéis temáticos e grupos de trabalho. Nesta quinta, 30, serão abordados assuntos como Placas Mercosul; Lei de Proteção de Dados (LGPD) nos Detrans; ISO 27001; Segurança da Informação no Transacionamento de Dados e Registros; Cursos da ADN; Monitoramento de Exame Prático de Direção Veicular; Regramento do Exame Toxicológico na Base Nacional e Relatório do Grupo de Trabalho da AND – Revisão da Resolução do Contran.

Já nesta sexta-feira, 1º, serão abordados: Detran/TO – Mudanças e Melhorias para o Cidadão no Pós-Pandemia; Segurança da Informação; Municipalização; Alterações do CTB pela Lei de Conversão da MP n° 1.050/21 e impactos aos Detrans; Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (PNATRANS); e Carro Clonado.

O encontro conta com a participação de presidentes de Detrans, de dirigentes da Associação Nacional de Detrans (AND) e de integrantes de instituições relacionadas à gestão do trânsito no país.

PUBLICIDADE