Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Tocantins recebe nesta terça-feira, (18), 10.700 doses de imunizantes da Pfizer para crianças

Doses irão desembarcar nesta terça-feira, 18, sendo 10.700 imunizantes para uso pediátrico e 50.310 para adulto

Publicado

em

O Governo do Tocantins, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), receberá nesta terça-feira, 18, mais 61.010 doses de imunizantes da Pfizer, sendo 10.700 para uso pediátrico e 50.310 para adultos. As vacinas serão recebidas pela Gerência Estadual de Imunização, onde serão conferidas e rapidamente disponibilizadas aos municípios.

“Antes da chegada das doses, nossa equipe já se organiza para receber esses imunizantes, pois com a otimização dos trabalhos, as doses chegam mais rápido a população” explica a gerente de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO), Diandra Rocha.

A gerente esclarece ainda que “quanto aos imunizantes para crianças, queremos reforçar aos pais e responsáveis que as vacinas são seguras, ressaltando que é primordial levar os pequenos de 5 a 11 anos para a vacinação”, reforça.

Imunizantes pediátricos

Os imunizantes da Pfizer destinados às crianças são diferentes das doses destinadas a adolescentes e adultos. As vacinas para crianças entre 5 a 11 anos possuem dosagem, composição e concentração distintas daquelas reservadas para adultos. Outra particularidade é a cor da tampa do frasco, para adultos é lilás e para crianças é laranja, a fim de evitar equívocos no manuseio e aplicação.

Saiba + 

Mãe afirma que filha de 13 anos morreu de AVCI por conta da vacina

Uma menina de 13 anos faleceu na última segunda-feira (10) no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis (SC), vítima de um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVCI).

A mãe da menina, Alice Romano Martins, tem usado as redes sociais para afirmar que a causa da morte foi a vacina da Pfizer que a garota tomou antes de começar a passar mal.

A vítima deu entrada na semana passada junto ao Hospital Regional em Araranguá, após sofrer o AVCI. No domingo, 2 de janeiro, foi foi transferida via Serviço de Resgate Aeromédico Especializado, da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina, ao Hospital Infantil Joana de Gusmão, na capital, para ser melhor atendida. Mas ela não resistiu.

Alice tem afirmado que a causa da morte está relacionada à vacina. Mas ainda não há nenhuma comprovação.

“Venho alertar todas as mães que minha filha esta morrendo por causa da vacina da Pfizer. 13 anos uma menina linda cheia de vida está morrendo por conta desta desgraçada dessa vacina não desejo a nenhuma mãe o sofrimento que tô passando olhem bem essas fotos e vejam o que essa desgraçada dessa vacina fez com a minha menina (SIC)”, diz o texto publicado por Alice horas antes da menina vir a óbito.

PUBLICIDADE