Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Sociedades Bíblicas concluíram traduções da Bíblia para 66 idiomas em 2020

A Bíblia completa já está disponível em 704 idiomas, falados por 5,7 bilhões de pessoas

Publicado

em

Mesmo diante dos desafios e das interrupções decorrentes da pandemia da COVID-19, em 2020, as Sociedades Bíblicas no mundo inteiro concluíram traduções da Bíblia para 66 idiomas, utilizadas por 707 milhões de pessoas.

Inclui-se, neste número, 46 idiomas para os quais o texto bíblico foi traduzido pela primeira vez, com um potencial de alcance de 13 milhões de pessoas. Seis grupos linguísticos receberam a Bíblia completa – cinco na África e um nos Estados Unidos, onde a comunidade surda comemorou a conclusão da Bíblia em ASL (American Sign Language).

A ASL é o idioma de mais ou menos 408 mil pessoas surdas, e é a única das 400 línguas de sinais no mundo que já possui a Bíblia completa. O culto de agradecimento pelo trabalho realizado foi feito de forma on-line, por causa das restrições impostas pela COVID-19. A primeira Bíblia completa em ASL foi traduzida pela Deaf Missions e teve o apoio de diversas agências parceiras, inclusive a Sociedade Bíblica Americana.

Nesse ano, também foram concluídos primeiros Novos Testamentos em 11 idiomas, utilizados por 4 milhões de pessoas. Dois deles – os Novos Testamentos em Epie e Ogbia – foram lançados pela Sociedade Bíblica da Nigéria.

“Sou a pessoa mais feliz do mundo por receber este exemplar [do Novo Testamento em Epie] neste dia!” — diz, sorrindo, Iwo Samson Famous, falante da língua epie, na Nigéria. “Por muito tempo, temos tido dificuldades com a Bíblia em inglês. Agora, podemos ler e compreender de verdade.”

“Este Novo Testamento na nossa língua materna ajudará na alfabetização e animará nossos jovens […] a compreender a Palavra de Deus”, diz John Okolubo, falante de ogbia. “Sem ela, é como se não tivéssemos a presença de Deus, mas com ela alcançamos a Terra Prometida.”

Em Vanuatu, um dos poucos países que não têm sido afetados pela pandemia mundial, as pessoas que falam hano, na ilha de Pentecoste, deram as boas-vindas ao tão aguardado Novo Testamento em seu idioma com cânticos e danças tradicionais.

O trabalho de tradução começou há quatro décadas, mas foi interrompido muitas vezes pelos ciclones, que destruíram casas, meios de sobrevivência e, em outros momentos, parte do trabalho de tradução em si. Como resultado do ciclone Pam, em 2015, os tradutores tiveram de morar em tendas por muitos meses, mas os manuscritos da tradução ficaram a salvo, tendo sido protegidos em um recipiente plástico momentos antes que o ciclone atingisse o chão.

Em agosto de 2020, a quantidade de idiomas com a Bíblia completa chegou, pela primeira vez, a 700; foi um marco histórico significativo para a tradução da Bíblia, em nível mundial, alcançado em um momento complicado para se comemorar, por se tratar de um ano tão difícil.

No início de 2021, a Bíblia completa, está disponível em 704 idiomas, falados por 5,7 bilhões de pessoas. Mais de 70% dessas traduções bíblicas completas foram feitas por iniciativas das Sociedades Bíblicas Unidas.

 

Fonte: Sociedade Bíblica do Brasil

PUBLICIDADE