Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

“Silas Malafaia e eu também podemos ser presos a mando do STF”, diz Magno Malta

Para o ex-senador, o STF enviou um recado para seus críticos através da prisão do deputado Daniel Silveira

Publicado

em

A jornalista Liliane Ventura compartilhou em suas redes sociais um áudio onde o ex-senador Magno Malta diz que o seu nome e de outros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro estariam na lista dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e que eles podem ser presos.

“Recebi de uma fonte fidedigna, de que eles [STF] tomaram uma decisão de que todos aqueles que se manifestam, eles vão passar o rodo. Eu estou na lista, Malafaia está na lista, Zé Medeiros está na lista e outros deputados que estão no primeiro inquérito das fake news”.

Segundo Magno Malta, a prisão de do deputado afastado Daniel Silveira (PSL-RJ) foi um recado para os demais. “Aquilo foi um recado para quem tem foro privilegiado, mas o Malafaia e eu não temos foro”, disse.

O ex-senador disse que não tem medo e que tem recebido mensagens de apoio de pessoas que sabem que ele pode ser sim um dos nomes perseguidos pelo STF.

“Eu estou preparado. Não nasci pra semente e não cometi nenhum crime. Não fiz assalto, não estou na lista da Odebrecht e nem recebi dinheiro da JBS”, continuou ele dizendo que pode ser represália contra ele também pelo enfrentamento que ele teve enquanto era senador e precisou aprovar a indicação de alguns dos ministros do STF.

Ouça:

PUBLICIDADE