Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Opinião

Quais são os melhores investimentos para iniciantes?

Hoje vamos dar algumas dicas bem importantes para que você possa começar a sua carteira de investimentos da melhor maneira.

Publicado

em

Se você, por acaso, pensa em começar a fazer investimentos, ou até mesmo trading, é necessário que você entenda que existem diversas alternativas de ativos e ações bem atrativas no mercado. Para iniciar o seu portfólio, é necessário conhecer quais são os tipos de investimentos mais interessantes para iniciantes.

 

Essa é uma decisão bem particular, e a única pessoa que realmente vai saber o que é melhor para você, é você mesmo! Mas hoje vamos dar algumas dicas bem importantes para que você possa começar a sua carteira de investimentos da melhor maneira.

 

Antes de listarmos nossas dicas de investimentos, é necessário que você entenda a necessidade de uma corretora. Apenas com uma conta desse tipo é possível comprar e vender ativos! Agora, vamos às nossas dicas.

Quais são os melhores investimentos para iniciantes?

Depois de você ter aberto sua conta em uma corretora, como a https://www.robomarkets.pt, por exemplo, é necessário que você analise as alternativas que estão a sua disposição no mercado. Os melhores investimentos para iniciantes são os mais fáceis de serem entendidos, de forma geral. Veja quais são as nossas indicações.

1. Tesouro Selic

Investir no Tesouro Nacional é sempre uma boa escolha, principalmente para quem está procurando por alternativas de renda fixa. No Tesouro Selic, você vai literalmente emprestar dinheiro para a União, e em troca vai receber juros iguais à taxa Selic! Esse investimento tem liquidez diária, e você pode resgatar o seu dinheiro a qualquer momento.

2. Tesouro IPCA

Outra boa opção de título público é o IPCA. Ele tem uma rentabilidade híbrida, rendendo de acordo com uma taxa fixa somada ao desempenho do IPCA, que é o índice nacional de preços ao consumidor amplo. Esse título é interessante porque ele garante um rendimento sempre acima da inflação, mas apenas caso você o mantenha até seu vencimento. É uma boa ideia de investimento a longo prazo.

3. LCA e LCI

Investir em letras de crédito imobiliário e de agronegócio são boas alternativas para títulos privados. Esses investimentos são emitidos por instituições financeiras, e os recursos que são captados servem para financiar iniciativas do segmento selecionado.

 

O rendimento desses investimentos pode ser fixado, pós-fixado ou híbrido, dependendo do que for mais atrativo para você. Um detalhe aqui é que boa parte desses títulos vão poder ser resgatados apenas em seu vencimento.

4. Fundos de investimento

Agora, falando sobre o mercado financeiro, os fundos de investimento são alternativas bem interessantes. Eles funcionam como uma espécie de ‘’condomínio’’ financeiro, onde os investidores vão adquirir cotas de participação em resultados específicos, ou seja, dividendos.

 

Os recursos desses fundos são movimentados por um gestor profissional, que vai tomar as melhores decisões possíveis para alocar o fundo, a fim de que ele possa render mais. Esses fundos podem ser de renda fixa ou variável, de acordo com o tipo de fundo selecionado.

5. Ações

Investir em ações é algo um pouco mais arriscado, e deve ser feito sempre em uma bolsa de valores. Para investidores iniciantes mais arrojados, essa pode ser uma excelente escolha para começar uma renda variável!

 

PUBLICIDADE