Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Por dizer que ‘Deus criou homem e mulher’, YouTube censura vídeo de John MacArthur por ‘discurso de ódio’

A pregação foi sobre sexualidade bíblica e fez parte de uma campanha promovida por pastores dos EUA para protestar contra uma nova lei canadense

Publicado

em

O YouTube censurou o sermão que o pastor John MacArthur, da Grace Community Church em Los Angeles, Califórnia (EUA), pregou no domingo passado (16) classificando-o como “discurso de ódio”.

A pregação foi sobre sexualidade bíblica e fez parte de uma campanha promovida por pastores dos EUA para protestar contra uma nova lei canadense que entrou em vigor em 8 de janeiro depois de ser aprovada no Parlamento.

No sermão, MacArthur disse: “Não existe isso de ser transgênero. Você é XX ou XY, é isso. Deus criou o ser humano macho e fêmea. Isso é geneticamente determinado, isso é biologia, isso é ciência, isso é realidade”.

E ele continuou: “Por um lado, a realidade dessa mentira e engano é tão prejudicial, tão destrutiva, tão isolante, tão corruptora que precisa ser confrontada, mas, por outro lado, esse confronto não pode exagerar o que já existe, que é um sentido de se sentir isolado nos relacionamentos”.

Mas para o Youtube, tal afirmação fere as diretrizes da plataforma. “Nossa equipe revisou seu conteúdo e, infelizmente, acreditamos que ele viola nossa política de discurso de ódio”, informou o YouTube.

PUBLICIDADE