Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Obreira da Assembleia de Deus pede para Shirley Carvalhaes retirar colar e esmalte durante culto

Os usos e costumes estão sendo cada vez mais defendido por alas mais conservadoras das ADs

Publicado

em

Alas mais conservadoras da Assembleia de Deus estão defendendo cada vez mais os usos e costumes da denominação. Prova disso aconteceu na Igreja Assembleia de Deus Brasília (ADEB) quando uma obreira exigiu que a cantora Shirley Carvalhaes retirasse o colar do pescoço.

A cantora, que já havia se apresentado, decidiu também remover os esmaltes da unha e voltou a subir no púlpito em outro momento do culto já sem os acessórios.

Apesar da situação complicada, Shirley Carvalhaes não se sentiu constrangida pela exigência da obreira. “Ela é muito tranquila quanto a isso e sabe que algumas igrejas ainda preservam a questão dos usos e costumes. O pastor é um querido e a Shirley ama ele”, diz a assessoria da cantora.

PUBLICIDADE