Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Política

Moisemar Marinho pede voto de repúdio contra Jair Bolsonaro e sua Reforma Administrativa

O parlamentar sugere um debate para encontrar alternativas que garantam uma reforma administrativa mais efetiva

Publicado

em

O vereador Moisemar Marinho (PDT) apresentou um voto de repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em razão da Proposta de Emenda à Constituição nº 32 que apresenta a Reforma Administrativa.

O texto lido pelo parlamentar também critica a PEC Emergencial 186 de 2019, que garante a redução de jornadas de trabalhos e dos salários dos servidores como medida de redução dos gastos públicos.

Marinho contesta essas PECs por entender que os servidores públicos perderão seus direitos trabalhistas conquistados com muita luta.

“As propostas, além de inconsistentes, não se presta ao que se propõem, pois não moderniza o setor público, não gera mais segurança para o Estado e muito menos garante a economia relevante”, diz.

O parlamentar sugere um debate para encontrar alternativas que garantam uma reforma administrativa mais efetiva, buscando o interesse da sociedade e não de um plano de governo.

PUBLICIDADE