Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Em reunião com governador, Moisemar solicita revogação imediata da ‘Lei da Mordaça’

“É nítido que a perseguição sofrida pelos colegas é um ato de injustiça”

Publicado

em

Nesta quinta-feira, 27, o vereador e Policial Civil, Moisemar Marinho, reuniu-se com o governador Wanderlei Barbosa, e integrantes da Polícia Civil para tratarem sobre o PCCS da categoria.

Na oportunidade, além de tratar sobre os direitos dos Policiais para a melhoria salarial isonômica, o parlamentar explicou sobre os últimos episódios de perseguição que aconteceram na instituição e solicitou a revogação imediata da Lei da Mordaça. “É nítido que a perseguição sofrida pelos colegas é um ato de injustiça. Além disso, explicamos a situação para o governador e solicitamos uma ajuda por parte dele para a revogação imediata desta Lei da Mordaça que prejudica a liberdade de expressão das pessoas”, frisou Moisemar.

Estiveram presentes os Secretários da Casa Civil – Deocleciano Gomes, Planejamento – Sergislei, Segurança Pública – Wlademir Costa, e as entidades Classistas da Polícia Civil do Estado do Tocantins, entre eles, Ubiratan Rebello Feapol – Cobrapol; Marcilene Lucena – FeipolCON; Hélio Santana – Sinpol; Dunya – Sindiperito; José Filho – Sindiperito; Bruno – Sindepol e Emerson – Sindepol.

PUBLICIDADE