Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Como renegociar sua dívida com marcas de revenda

O endividamento com as marcas é algo que acontece com muitos revendedores; saiba como se livrar das dívidas

Publicado

em

Seja por falta de planejamento, por impulsividade ou um imprevisto, não é sempre que os  revendedores, em algum momento percam o controle do fluxo de caixa das vendas, fazendo dívidas que não cabe no orçamento. É nessa situação que acaba surgindo  a necessidade da renegociação das dívidas com a marca de revenda. 

Se há uma dívida no seu empreendimento de revendas e não há recursos para quitá-la, é sinal de que não houve um  planejamento correto ou  algumas decisões erradas foram tomadas para situações imprevistas, que em todos os negócios próprios, acontecem.

É preciso compreender melhor o que é e como funciona o processo de renegociar dívida com uma empresa responsável por vendas. Mas antes de entender como renegociar uma dívida, é preciso entender e verificar o que realmente é uma dívida e  o quais medidas se devem tomar diante disso. 

Existem dois categorias de dívidas, as boas e a dívida ruins. As boas normalmente são as que o revendedor investe e planeja antes de tudo, e sabe que dali tirará lucros futuros. A dívida ruim é aquela que não é planejada e acontece por falta de administração, que pode comprometer todas as finanças do empreendimento do revendedor. 

Por que renegociar as dívidas é importante?  

Quando adquirimos dívidas e não há como pagar, a tendência é que a situação piore e que outras dívidas acabem sendo contraídas, atrapalhando o funcionamento do empreendimento ou até a vida pessoal. Isso acontece porque direcionamos todo dinheiro para contas maiores, esquecendo de outras que acabam aumentando. 

Por isso uma boa administração para uma boa gerência de um fluxo de caixa é importante em qualquer negócio, seja em uma empresa ou um empreendimento de revenda de marcas. Além de causar prejuízos atuais, podem acarretar dívidas maiores e futuras, podendo ter que deixar de lado o próprio negócio.

A melhor maneira de evitar que aconteça um período de instabilidade financeira no empreendimento ou até uma possível falência do próprio negócio, é por meio da renegociação de dívida com a empresa, a renegociação pode trazer alguns benéficos  que é importante saber. 

  • Ao renegociar, pode ter descontos em juros e multas e dependendo do negócio, até ter juros quase nulos;
  • A dívida para de aumentar;
  • É uma oportunidade de aprender com os erros e organizar as finanças;
  • Com algumas marcas, é possível o parcelamento de débitos;

Algumas marcas que trabalham com revendas ou categoria de marketing multinível, adquirem caminhos possíveis para que os seus revendedores tenham a quitação dos débitos. 

Em alguns casos é necessário ter um bom negócio com a empresa, às vezes é resolvido através de site específico ou até ligação, porém, em casos extremos, é necessário se deslocar até o local da empresa para assim iniciar as negociações. 

Como evitar as dívidas com as marcas? 

O endividamento com as marcas é algo que acontece com muitos revendedores, quando há um descontrole financeiro ou se uma estratégia da errada, principalmente quando o consultor usa o dinheiro da revenda para completar contas pessoais ou da própria casa. 

Existem algumas técnicas que todo revendedor deveria saber, no entanto, é possível evitar o endividamento com as empresas e garantir que os lucros sejam sempre maiores do que o valor gasto em multas e  juros decorrentes de atraso.

Uma das opções para levantar um dinheiro que te ajude a quitar a dívida com as devidas marcas de revenda, é rifando os produtos que estão parados ou do seu estoque. Abaixar os preços de alguns produtos e divulgue através das redes sócias para seus amigos, clientes, e parentes.

Tenha um bom capital

A melhor forma para começar um empreendimento, é preciso  ter um bom capital de giro desde o início,  para ter uma categoria de  proteção financeira para quando os imprevistos ocorrerem. É importante estudar e entender como você pode montar uma reserva financeira para a sua revenda de produtos.

Não compre mais do que precisa

Nunca  compre produtos ou forme estoque da qual não tem certeza que serão vendidos. Faça pedidos dos produtos que já foram encomendados  pelos seus clientes, e saiba quais são os produtos certos para adquirir e manter no seu estoque à pronta entrega.

É importante evitar comprar produtos que não tenham muita oportunidade de revenda, pois é muito provável que ele fique parado e o revendedor não obtenha lucro, por isso é importante saber quais produtos são os mais procurados pelos clientes, para sempre ter a segurança do lucro.

PUBLICIDADE