Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Comentarista da CPAD é acusado de promover o ecumenismo e se defende dizendo que foi erro da revista católica

A publicação já removeu a matéria do ar e o pastor teria sido convidado para o evento por ser capelão da Marinha

Publicado

em

A página Assembleianos de Valor, no Instagram, acusa o pastor Israel Trota, comentarista das lições de jovens da CPAD, de promover o ecumenismo.

O pastor assembleiano teria participado em 2019 de um evento da Igreja Católica pela “Festa da Visitação de Nossa Senhora”, realizada no Convento Santo Antônio.

A revista que registrou o evento declarou que o pastor teria afirmado: “Precisamos caminhar para essa maturidade e orar para que o ecumenismo se torne uma realidade no seio da Igreja Cristã”.

Acontece que a Igreja Assembleia de Deus proíbe a defesa do ecumenismo e por isso o nome do jovem pastor foi envolvido em uma grande polêmica.

Pastor diz que foi erro da revista

Com a repercussão do caso nas redes sociais, o pastor Israel Trota declarou que foi um erro da revista que já removeu a matéria do ar.

Outra informação corrigida seria que Israel foi convidado no evento não para falar como pastor, mas como Militar, sendo representante das Forças Armadas.

Além de ser mestre em teologia, o pastor é Capelão da Marinha.

PUBLICIDADE