Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Com câncer, prefeito de São Paulo piora e tem acúmulo de líquido no pulmão e abdômen

Foram descobertos novos focos de metástase em Bruno Covas, na região cárdia, no fígado e ossos

Publicado

em

O  prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), continua internado por conta do tratamento contra o câncer e nesta quarta-feira (21) apresentou piora no quadro de saúde e foi diagnosticado com líquido no pulmão e abdômen.

 A presença do líquido ocorreu por causa de uma inflamação provocada pelo câncer na região da cárdia, localizada na transição entre o estômago e o esôfago, com metástase em outras áreas do corpo como fígado e ossos.

As informações sobre o estado de saúde de Covas foram passadas durante coletiva de imprensa realizada pela equipe médica que assiste o prefeito.

De acordo com os médicos, o político que está internado desde o dia 15,  só terá alta após a retirada dos drenos usados para a remoção do líquido.

PUBLICIDADE