Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

62,5 milhões de brasileiros estão inadimplentes, aponta estudo da Serasa

Serasa realiza a ação “Limpa Nome” que permite negociar dívidas com até 99% de desconto

Publicado

em

finanças

O Brasil tem cerca de 62,5 milhões de consumidores inadimplentes, de acordo com a última edição do Mapa da Inadimplência, divulgado pelo Serasa. O estudo abordou a situação dos brasileiros no mês de maio. O número divulgado é 0,7% menor do que o verificado no mês de abril, quando o indicador estava em 62,98 milhões.

Para facilitar a vida de quem está com dívidas atrasadas, o Serasa promove a ação “Limpa Nome”, onde os endividados podem negociar suas dívidas com descontos que chegam até 99%.

Os interessados podem procurar a Serasa através do site, aplicativo, WhatsApp, telefone ou ir a qualquer agência dos Correios.

Antes de firmar qualquer acordo de pagamento, porém, o Serasa orienta que o consumidor tente chegar a uma nova parcela que não comprometa o orçamento.

Outra dica é que o cliente faça sempre uma contraproposta pedindo o maior desconto possível e guarde todos os comprovantes do que foi pago para poder exigir que o nome saia da lista de maus pagadores.

Informações gerais sobre os endividados

A quantia média de cada dívida atingiu a marca de R$ 1.162,43, superando o salário mínimo. Ainda segundo o Mapa, entre os brasileiros inadimplentes, cada um deve, em média, R$ 3.937,98.

O maior volume de dívidas está na categoria bancos/cartão, representando 29,7% dos mais de R$ 211 milhões de débitos. Em seguida, estão as contas com luz, água e gás, com 22,3%. As compras no varejo representam 13% das dívidas dos brasileiros.

Ajuda para endividados

Procurando ajudar os brasileiros negativados a não serem excluídos do sistema financeiro, a startup israelense Innovative Assessments, presente em 15 bancos e fintechs do Brasil, aparece como uma alternativa. A IA oferece questionário psicométrico que permite incluir negativados e desbancarizados ao sistema de crédito do país, o Worthy Credit (“Digno de Crédito”, em tradução livre), que gera uma pontuação baseada na confiança através de dados que referendem a previsibilidade de inadimplências de empréstimos e pagamentos. A ferramenta funciona como uma etapa adicional na análise de risco que pode garantir a sobrevivência e a recuperação financeira do endividado.

“Por meio do Worthy Credit, é possível aumentar as aprovações de empréstimo entre candidatos sobre os quais não há muitos dados, e reduzir a inadimplência entre os riscos identificados. As pontuações de crédito atuais ignoram um fator chave da capacidade creditícia: o caráter pessoal”, explica Roey Shochat, CRO da IA.

PUBLICIDADE