Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Países barram entrada da ANAJURE na ONU

Cuba, Nicarágua e China querem saber quais são as ligações da entidade com o Governo Bolsonaro

Publicado

em

A Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE) tiveram o pedido de status consultivo da Organização das Nações Unidas (ONU) adiado a pedidos de países como Cuba.

Os países que fazem parte organização cobram esclarecimentos sobre a relação entre a entidade evangélica e o Governo de Jair Bolsonaro.

O processo iniciado em 2020 já começou com a desconfiança de alguns países sobre a ANAJURE. Nações como China e Nicarágua também levantaram questões sobre os juristas evangélicos.

Agora a entidade terá que esperar até 2022 para poder fazer parte de debates, reuniões oficiais e outras atividades. Até o momento a ANAJURE não se pronunciou sobre o caso.

PUBLICIDADE