Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Niterói: Vereador é condenado a prisão por chamar pessoas trans de “homem”

O parlamentar se colocava contra o uso do banheiro feminino por pessoas trans

Publicado

em

O vereador de Niterói Douglas Gomes (PL) foi condenado nesta quarta-feira (29) a 1 ano e 7 meses de prisão por dizer que uma mulher trans seria “homem”.

A decisão partiu da juíza da 2ª Vara Criminal de Niterói, que considerou crime de transfobia o posicionamento contrário do vereador sobre homens biológicos usarem o banheiro feminino do shopping da cidade.

“Eles querem parar o meu posicionamento contrário a travestis entrarem em banheiros femininos, eles literalmente estão me perseguindo” alegou o vereador em suas redes sociais.

O processo foi movido pela vereadora trans Benny Briolly (Psol) que comemorou a sentença nas redes sociais.

O vereador foi condenado por injúria. Da sentença ainda cabe recurso.

PUBLICIDADE