Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

No Tocantins, vereador pede esclarecimentos sobre distribuição de livro que faz apologia ao satanismo

Publicado

em

Por Katiuscia Gonzaga

No Tocantins, vereador pede esclarecimentos sobre livro que faz apologia ao satanismo

No Tocantins, o vereador palmense Filipe Martins (PSC) protocolou, na última quinta-feira, 9, requerimento pedindo ao secretário de Educação do município de Palmas/TO, Danilo de Melo, que apresente de forma urgente, esclarecimentos sobre o livro “A Máquina de Brincar” de Paulo Bentancur.  De acordo com o parlamentar, o livro faz, claramente, apologia ao satanismo e já teria sido distribuído em diversas escolas da capital.

Em um dos trechos de um dos poemas contidos no livro, intitulado: “O diabo que me carregue”, está escrito: “Ó diabo, meu grande amigo, vem, vem brincar comigo. A tua testa é coroada por duas guampas afiadas”. Em outra estrofe, o poema diz o seguinte: “Ó diabo, meu grande amigo, vem, vem brincar comigo. Todos os filmes de terror tu escreveste com amor”.

Outro fato assustador e que chama atenção, é que o livro tem partes para ler no claro, e outras, no escuro. 

Para o vereador Filipe Martins, se for comprovado que o livro já está nas escolas, o ideal seria retira-los de circulação, já que não haveria cunho pedagógico no material. “Não podemos permitir que nossas crianças sejam expostas a tais conteúdos. As crianças vão à escola para aprender matemática, português, ciências, etc, não para saber sobre diabo, e muito menos invocá-lo”, disparou.

Ainda no livro “A máquina de Brincar”, o autor Paulo Bentancur descreve Deus como “criança pequenininha com medo de descer do céu”. Num trecho do poema “O que Deus nos deu”, consta: “Quem já viu a sua cara, quem já falou no ouvido desse pai tão escondido. Eu ainda não”.

Segundo informações da Diretoria de Educação de Palmas, levantadas pela assessoria do parlamentar, o livro já estaria disponível nas escolas de Palmas e  a distribuição teria sido feita pelo Programa Nacional de Leitura  Didática (PNDL). 

Câmara de Goiânia repudia

Na última semana, a Câmara Municipal de Goiânia repudiou a distribuição do livro “A Máquina de Brincar”.  O vereador Rogério Cruz (PRB) subiu à tribuna para apresentar requerimento assinado por 35 vereadores que pede ao ministro da Educação, José Mendonça Filho, que apresente esclarecimentos sobre a adoção do livro “A Máquina de Brincar”.

Para o vereador Rogério Cruz (PRB), a obra faz “um culto a Satanás e debocha de Deus”. Eles também apresentaram uma nota de repúdio.

Repercussão Nacional

A psicóloga Cristã Marisa Lobo, uma das mais bem conceituadas do País, comentou durante entrevista concedida ao JM Notícia nesta quinta-feira, 9, acerca da distribuição do livro “A Máquina de Brincar” do autor Paulo Bentancur em escolas públicas, pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC).  

Para Marisa Lobo, o MEC está impondo uma religião satanista nas escolas públicas do país

De acordo com a psicóloga, “embora eles tentem passar que é uma brincadeira, quando fazem essa invocação aos demônios, na verdade têm a clara intenção de desconstruir a fé em Deus, das crianças. Ele é feito para que as crianças vejam o diabo como uma pessoa boa, isso com a meta de desconstruir a fé em Deus que elas têm”, analisou.

PUBLICIDADE