Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Governador Wanderlei Barbosa anuncia R$ 30 milhões para revitalização do Projeto Rio Formoso

Recursos são de R$ 30 milhões para revitalização por meio do convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba

Publicado

em

O governador em exercício do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, anunciou neste sábado, 11, o convênio com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), no valor de R$ 30 milhões para revitalização do Projeto Rio Formoso. Os recursos são frutos de parceria com a bancada federal e vai permitir realizar inicialmente a revitalização da Barragem Taboca.

O anúncio foi feito durante reunião com o prefeito local, Heno Rodrigues, e representantes do setor produtivo e entidades de classe, em Formoso do Araguaia. Além das barragens, será revitalizada também uma área de pesquisa da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) próxima a Barragem Taboca. O projeto abrange uma área irrigável de cerca de 28 mil hectares, situado na região sudoeste do Estado. O projeto de irrigação é um dos maiores do país.

O chefe do Executivo destacou que o Projeto Rio Formoso constitui um dos maiores do país e a sua revitalização é vital para recuperar a capacidade produtiva. Wanderlei Barbosa assegurou também que as contrapartidas do Estado estão garantidas para realizar as obras no menor período possível. “O setor produtivo tocantinense cresce de forma extraordinária e temos de dedicar um olhar diferenciado para a infraestrutura viária”, comentou o governador citando o projeto de federalização de várias rodovias, que teoricamente são de responsabilidade do Governo Federal.

O titular da pasta da Infraestrutura, Jairo Mariano, assegurou que até o primeiro semestre do próximo ano essas obras serão realizadas. “Estamos fazendo o possível para iniciarmos essas obras da primeira etapa e os recursos estão garantidos”, frisou.

Para o prefeito Heno Rodrigues a revitalização é uma obra que vai permitir ao município recuperar a capacidade de produção perdida em virtude da falta de manutenção das estruturas, além de promover seguranças para os pequenos produtores próximos da área. ” Essa recuperação vai dar segurança aos moradores dos assentamentos que margeiam o lago e, também, vai permitir o aquecimento da economia, gerar empregos e promover o desenvolvimento. Estamos gratos ao Governador Wanderlei Barbosa”.

A revitalização do Rio Formoso será dividida em três etapas e abrange a recuperação dos diques das barragens Calumbi I e II e Taboca; recuperação da infraestrutura dos canais de adução e os coletores de drenagem; estações de bombeamento de drenagem; além da estrada de acesso ao longo das adutoras e coletores gerais.

Projeto

O Rio Formoso é o projeto mais antigo do Estado. Foi construído em 1979, quando o Tocantins ainda pertencia ao Estado de Goiás. O projeto utiliza sistemas de irrigação do tipo inundação para cultivo de arroz irrigado no período chuvoso, e subirrigação para soja (produção de semente), milho, feijão e melancia no período seco. Depois de tantos anos de implantação, a infraestrutura do projeto se deteriorou e agora precisa passar por obras de revitalização para garantir seu pleno funcionamento.

A partir da revitalização, a expectativa é de que os produtores consigam colher mais safras anuais, tanto no período chuvoso quanto no período seco.

Presenças

Também participaram da reunião o presidente da Assembleia Legislativa do Tocantins, Antônio Andrade e a deputada estadual Cláudia Lelis.

PUBLICIDADE