Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Tocantins

Deputado Otoni de Paula responde à perseguição que vem sofrendo do STF: “Eu não vou me calar”

Justiça decide bloquear as contas do parlamentar para pagar indenização a Alexandre de Moraes

Publicado

em

O deputado federal Otoni de Paula usou a tribuna da Câmara dos Deputados para mostrar sua indignação com a perseguição que ele vem sofrendo.

Em agosto do ano passado, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o parlamentar evangélico excluísse de suas redes sociais vídeos com críticas a ele.

Além de perder as redes, Otoni de Paula também precisou entregar seu celular para investigação e agora sua conta bancária foi bloqueada para que ele pague R$ 70 mil de indenização ao ministro Alexandre de Moraes.

Apesar disso, Otoni diz que não vai se calar. “Esse país está virando um circo. Um terror que está sendo patrocinado pela Justiça. Mas eu não vou me calar, não faço parte da patifaria e nem da turma podre que essa turma costuma aplaudir e defender”.

Assista:

 

PUBLICIDADE