Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Mundo Cristão

Cantora Amanda Ferrari denuncia ex-marido por ameaças e pede socorro

Ela e o filho enfrentam muita violência psicológica e ameaças desde o divórcio do casal

Publicado

em

Em 2016 a cantora gospel Amanda Ferrari se separou do marido, Gunavingre Salustiano de Souza, com que tem um filho, após traições e violência doméstica.

Ao jornalista Léo Dias, a cantora revelou que teve bons momentos no casamento, mas que tudo mudou após ela engravidar. Foram várias separações até ela por o ponto final.

“Eu achava que Deus poderia restaurar meu casamento, eu tinha isso. Da última vez que voltamos, achei drogas no quarto. Ele ficou violento comigo e com meu filho”, relatou.

Foram muitas traições, tanto que o ex-marido chegou a engravidar uma outra mulher quando ainda era casado com ela. Em 2019 o casou se divorciou e então ela passou a sofrer ainda mais.

“Quando eu larguei dele, ele me deixou com R$ 11 na conta! Eu não tenho nome limpo, não tenho cartão de crédito! Ele acabou com a minha vida financeira e com a minha vida afetiva”.

Diante de várias ameaças que vem sofrendo, Amanda Ferrari procurou a polícia e conseguiu uma medida protetiva contra o ex, baseada na Lei Maria da Penha.

“Ele nunca me bateu, mas é uma violência psicológica muito alta! Ele expõe vídeos de brigas nossas na internet, pra mostrar que eu sou descontrolada”, contou.

Gunavingre era empresário de Amanda, administrava todo o dinheiro que ela ganhava como artista evangélica e agora quer vender o imóvel onde a cantora mora com o filho, no interior de São Paulo, que vale R$ 1 milhão.

Procurado, Gunavingre nega todas as acusações, mesmo com o filho do casal postando vídeos provando o que eles afirmam sobre os abusos cometidos por ele.

 

 

PUBLICIDADE