Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

Bancada evangélica desmente Veja sobre lista de ‘juristas cristãos’ para o STF

Publicado

em

Frente repudiou matéria e afirmou que ela é “totalmente equivocada e não oficial”

Em nota, a Bancada Evangélica desmentiu o jornalista Robson Bonin, da coluna Radar, da Veja, que escreveu uma matéria alegando que a Frente evangélica vai levar uma lista de ‘juristas cristãos’ ao presidente para uma vaga o STF.

“A saída bombástica de Sergio Moro do Ministério da Justiça abriu caminho na corrida pela cadeira de ministro do Supremo Tribunal Federal ao juiz da Lava-Jato no Rio, Marcelo Bretas, e ao ministro do Tribunal Superior do Trabalho, Ives Gandra Martins Filho. A bancada evangélica no Congresso, que não perde uma oportunidade, vai levar uma lista de ‘juristas cristãos’ encabeçada pela dupla, ao presidente Jair Bolsonaro”, escreveu Bonim.

+ Novo ministro da Justiça defenderá ‘valores cristãos e da família’, acredita Bancada Evangélica

Em resposta, a Frente disse que “jamais foi tratado dentro da Frente sobre indicações para o Supremo Tribunal Federal, como erroneamente publicou Robson Bonin em sua coluna na revista Veja desta Sexta (01/05). Não sabemos onde o jornalista colheu tal informação, mas a classificamos como totalmente equivocada e não oficial”.

A nota da Bancada ainda repudia a matéria e diz que isso “foge completamente a forma objetiva, transparente e republicana com que os assuntos da Frente são tratados”.

PUBLICIDADE