Conecte-se conosco
[the_ad id="107359"]

Brasil/Mundo

“A quem interessa mostrar Cristo como transexual?”, questiona Bolsonaro

Publicado

em

Da Redação JM Notícia

Pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (STF)

A apresentação da peça “O Evangelho Segundo Jesus, a Rainha dos Céus” foi cancelada em Garanhuns (PE) após mais uma polêmica questionando a apresentação que mostra Jesus como transexual.

Ao comentar sobre o tema, o pré-candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) questiona a quem interessa mostrar Cristo como transexual, se colocando contrário a este tipo de apresentação.

“A quem interessa retratar a imagem de Cristo como transexual? Isso é liberdade de expressão? É arte? É cultura? Nosso repúdio e protesto. Deus salve o Brasil”, escreveu ele no Twitter.

A peça causou polêmica em várias cidades brasileiras, sendo canceladas em algumas e ovacionadas em outras. A discussão se dá pelo fato de uma transexual representar Jesus, o que para muitos é uma ofensa e até mesmo o crime de vilipêndio.

“O Evangelho Segundo Jesus, a Rainha dos Céus” faria parte da programação do 28º Festival de Inverno de Garanhuns que acontece entre os dias 26 e 27 de julho. Mas após os protestos, o Governo do Estado de Pernambuco cancelou a apresentação.

O deputado federal Pastor Eurico (Patriota/PE), divulgou vídeos nas redes sociais onde a classificou de “profanação” e pediu respeito à fé dos cristãos. “Nosso Jesus é Rei, não é rainha não. Isso é uma aberração, uma profanação. Exigimos respeito para com a fé dos cristãos no Brasil. Não vamos admitir que um grupo minoritário venha profanar o nome de Jesus”.

A atriz transexual, que apresenta a peça, Renata Carvalho, diz que é vítima de preconceito e critica quem é contra a peça. “Fomos censuradas em Guaranhuns. Jesus é a imagem e semelhança de todos, menos de nós pessoas trans?… Precisamos humanizar e naturalizar os corpos, as identidades e vivências transvestigêneres”, disse ela ao UOL.

PUBLICIDADE